Moradores de Laranjeiras expulsam supostos seguranças

A noite desta segunda-feira foi de grande surpresa para os moradores da Rua General Glicério, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A empresa Equipe Protection instalou na Praça General Osório uma cabine de segurança e avisou que estava oferecendo gratuitamente o serviço por 15 dias. “Se 100 moradores se dispusessem a pagar 100 reais por mês à empresa, eles manteriam a segurança”, contou um anônimo que relatou aumento da criminalidade na área às vésperas da chegada da Equipe Protection.

Organizados, os moradores não gostaram da ideia e chamaram a PMERJ, que retirou os equipamentos da Praça. Uma manifestação foi agendada para a noite desta terça-feira, na mesma Praça. Sábado, durante a roda de choro que acontece no local, a mobilização vai ser ainda maior. Georgia Bello, uma das organizadoras do ato, disse que a manifestação de hoje vai ser apenas um reflexo da ação dos seguranças. “É um absurdo! Mas sábado, durante a roda de choro, vamos fazer outro ato de novo, com mais gente. Vai ser melhor”, avaliou.

O Presidente da Associação dos Moradores e Amigos de Laranjeiras (AMAL) Marcus Seixas disse que a empresa tomou a mesma providência em outras ruas do bairro e nas redes sociais a informação é de que em Botafogo e Humaitá ocorreu o mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s