Democracia verdadeira é aquela que oferece oportunidades equivalentes para todos

Justiça social necessita de justiça fiscal

Richard Faulhaber*

288979_113697515394848_2897300_o

Para quem também entenda que a essência de nossas vidas é que somos todos irmãos, pois filhos de um(a) mesmo(a) Deus(a), ou de uma mesma Natureza …

Então, cada vez mais, passemos a nos dedicar a viver, a nos dedicar a construir, um mundo de irmãos, um mundo que garanta dignidade e oportunidades equivalentes para todos.

E para conseguirmos construir um mundo de irmãos precisaremos, também, de participar ativamente da política, nos organizando cada vez mais, para elegermos e nos mantermos envolvidos com parlamentares e governantes verdadeiramente comprometidos com os interesses de todos, principalmente voltados para os mais esquecidos e desprivilegiados de nosso povo, de nossa gente, de nosso país, de nosso mundo.

Pois para conseguirmos garantir oportunidades equivalentes para todos serão necessários que existam programas governamentais que garantam :

– alimentação completa e saudável para todas as crianças, para todas as famílias, para todos;

– acesso à terra, para o cumprimento de sua função social, de gerar empregos e produzir alimentos de qualidade para alimentar o povo brasileiro;

– moradia digna para todas as crianças, para todas as famílias, para todos;

– educação pública, gratuita e de qualidade, para todas as crianças, para todos;

– saúde pública, gratuita e de qualidade, para todas as crianças, para todos ;

– transporte digno para a escola, para o trabalho, para todos;

– informação múltipla e de qualidade, para todos;

– oportunidades de trabalho digno para todos;

– salário mínimo, digno;

E para conseguirmos garantir todos e cada um destes programas governamentais, que consigam viabilizar oportunidades equivalentes para todos, além dos recursos humanos, precisaremos ter recursos financeiros suficientes, que consigam cobrir todos os investimentos e gastos necessários, para que estes fundamentais programas governamentais se efetivem.

E tais recursos financeiros governamentais terão de ser obtidos através de impostos e taxas (tributos) que precisarão ser cobrados.

E o mais justo é que tais cobranças de impostos e taxas sejam incidentes, em seu maior montante, sobre as pessoas mais ricas (as de maiores fortunas, e as de maiores rendas), e sobre as empresas mais ricas, em cada país, e no mundo.

E como nada é fácil, neste nosso mundo de ainda escassa fraternidade, teremos de ir buscando detalhar e aprofundar, cada vez mais, este nosso assunto de busca de uma verdadeira democracia, de justiça fiscal, de justiça social, de como nos dedicar a construir um mundo de irmãos, com oportunidades equivalentes para todos.

*Richard Faulhaber é servidor público.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s